História: pioneirismo e tradição

Somos especialistas em papéis desde 1888, com ampla diversidade de soluções, com alta performance e qualidade, exportando para inúmeros países, com amplo portfólio de papéis coloridos, de segurança, especiais (industriais) e para embalagens. Contamos com agentes em todos os países da América Latina.

A história da Fábrica de Papéis de Salto inicia-se no ano de 1888, no interior do Estado de São Paulo, sendo a primeira fábrica de papéis do Brasil e da América Latina.

A fábrica foi projetada no mesmo período em que a República acontecia no país. A segunda máquina para produção de papel vem em plena 2º Guerra Mundial no ano de 1942, provando mais uma vez, que viemos para vencer desafios.

Vista da fábrica em 1889 - BP Security
Mesa Plana década 60 - BP Secutiry
Terminal da Sorocabana dentro da fábrica - BP Security

Somente em 16 de setembro de 1888, com a inauguração da Fábrica de Salto, é que se inicia a produção industrial de papel no país, um marco na história e no desenvolvimento do Brasil. Seus proprietários a época Manoel Lopes de Oliveira, Antônio e Carlos Melchert recepcionaram grandes nomes do país na data de sua abertura como: Francisco Glicério, Bento Quirino, Bernardino de Campos, Marquês de Três Rios, Barão de Tatuí, Barão de Araraquara, entre outros; dada a grande importância do evento, que foi notícia em todos os jornais da época.

As primeiras instalações constituíam-se de uma máquina de sistema Fourdrinier americana, uma caldeira com chaminé de 30 metros de altura e uma holandesa para cozinhar a matéria-prima produzida no vapor. O Estado de São Paulo fortalecido pela economia cafeeira, tinha construído estradas de ferro e a infraestrutura de suporte, e capitalizado, pode bancar essa grande iniciativa. Viabilizado também, pela construção de canal hidrográfico, idealizado em 1873 pelo Barão de Piracicaba, que permite a captação e vazão dos fluídos tratados do Rio Tietê. Hoje, uma outra gestão gerencia essa atividade, com prioridade e todos os cuidados para preservação da qualidade da água e do meio ambiente.

Em 1978, a empresa iniciou a fabricação do papel-moeda no país – tornando-se a única produtora de papel para cédulas na América Latina. Até hoje a Blendpaper/BP Security é produtora de papéis de segurança do Brasil para diversas aplicações, sendo o papel-moeda um case referência por mais 5 décadas.

A partir de 2022 a Blendpaper/BP Security nasce como um novo nome, porém carregando toda essa história centenária, pioneirismo e tradição como referência na fabricação de papéis do mais alto nível. Mesclamos nosso passado precursor com a inquietude que nos faz sempre estar à frente. Uma nova marca com a mesma preocupação e essência preparada para todos os próximos desafios de um futuro positivo.

Hoje nossa alta tecnologia para produção de papéis especiais de cores, texturas, combinação de fibras, gramaturas, inserção de elementos de segurança, permitem a Blendpaper/BP Security atender todo o Brasil e a América Latina, além de alguns países do continente europeu e asiático.